F R A S E

Che Guevara:

"Vale milhões de vezes mais a vida de um único ser humano do que todas as propriedades do homem mais rico da terra"

terça-feira, 20 de março de 2012

O vinho está avinagrando

Galo de Campina - Mascote do CRB
Não vou negar: continuo confiando nessa diretoria, notadamente no presidente. Aliás, ressalto que sua administração foi (está sendo) uma grata surpresa. Realmente, não acreditava. Que bom estava enganado.

O preâmbulo utilizado para ressalvar, pondo os pingos nos is (com o perdão pelo chavão), é exatamente para ressaltar que não vai, aqui, alguma crítica pelo que vem acontecendo na Pajuçara e que à diretoria possa ser atribuída, ao menos não diretamente (afinal, como diretoria, sempre lhe caberá parcela significativa, seja de bônus como de ônus).


O fato, porém, indiscutível, é que o time do CRB mudou. E mudou do vinho pra água. É verdade que não é um vinho competente o suficiente para vencer qualquer competição, mas prum (para + um, gramática minha) campeonato alagoano daria (como dá) pra vencer, ainda que com muita dificuldade (veja-se a final do 1º turno). E é aí que está o nó. E é fato. E contra os fatos, já se diz ou dizia, não há argumentos. Embora sempre haja — ou deverá(ia) haver — explicação(ões), e a partir delas, tratar o problema para voltar a dar alegrias ao seu exigente (com razão) e participativo torcedor. 

É que não se concebe o comportamento em campo do “Galo de tanta gente” (como diz o Luciano Costa, da Rádio Jornal AM 710). Refiro-me ao “campo”, porque se problemas há, nos bastidores — intestinamente —, não são divulgados (continuam lá, nos recônditos intestinais), tampouco são expelidos pra onde devem ir (a descarga). Ninguém pode viver com constipação intestinal. Nem um clube de futebol.

Enquanto isto, “o Galo mais famoso e querido do nordeste” (nas palavras do mesmo radialista) segue deixando escapar por entre os dedos o campeonato que já se estava a vestir-se com suas cores. O ASA, irretocável. O Murici, forte como dantes. Até o CSA, dado por muitos apressadamente como morto, já saiu da UTI e está à beira da porta do hospital, de alta. A coisa está ficando cada vez mais negra. Ou alvinegra. Ou alguém pode imaginar que o CRB, a manter-se realizando essa campanha vergonhosa no 2º turno (sim, vergonhosa), chegará com força para disputar o campeonato?

Algo está acontecendo... Esta é a única certeza que se pode ter. Não se concebe um time cobrado pela diretoria e pela torcida como vem sendo, ceder um empate nos últimos minutos, quando vencia por 2 x 0 o Sport Atalaia. Qualquer time nessa situação comeria grama, mas não deixaria o adversário meter-lhe dois gols pela fuça.

E se algo não for feito, pra ontem, o CRB irá disputar o título como o animal a ser abatido sem misericórdia. O vinho, aí, já terá se tornado vinagre há muito tempo.

Nenhum comentário: