F R A S E

Pablo Neruda:

"A pessoa certa é a que está ao seu lado nos momentos incertos."


sexta-feira, 25 de maio de 2012

CRB: Campeão Alagoano/2012

*Também publicado no jornal Gazeta de Alagoas de hoje, 25/5/2012, pág. A4


Meu CRB completa 100 anos de vida neste ano, mesmo dia, aliás, do aniversário de meu pai. Mas meu pai fará só 81 anos. Na verdade, o Galo de Campina não é só meu. Mas é também meu. Tá certo que meu pai é sócio do clube. E bem antigo o seu título. Mas não por isto sou dono dele. Sou porque o amo. Alguns se imaginam donos com exclusividade. Como se um clube de torcida numerosa e apaixonada pudesse ter outros donos que não seus torcedores. Ou como se a torcida se resumisse ao futebol, não alcançando outros esportes e a própria instituição, com sua história, feitos, tradição e cores. Deixo que se iludam. Não são.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Uma noite em Veneza

Entardecer no Grande Canal
Hora atrás haviam embarcado na última gôndola. Todas as outras já estavam ancoradas, afinal anoitecera há pelo menos hora e meia, sendo certo que não escurece àquela época antes das vinte horas. O frenético movimento de embarcações no Grande Canal somente permanecia na lembrança recente. Seria uma experiência diferente navegar à noite. Foram.

Gôndola sendo ancorada
O som audível era apenas o da música das águas rasgadas pela embarcação, e também aqueles produzidos pelo golpe certeiro e ritmado do remo do único gondoleiro, lá da popa, quando as cortavam, suave mas vigorosamente, embalando a noite romântica impregnada de mistérios e segredos percebidos através da penumbra das esquinas e canais navegáveis, e de suas construções seculares.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Grande imprensa joga tudo na manipulação do noticiário da CPI

Por Marco Antonio Araujo (O Provocador), lido em Palavras Diversas



O assunto é sério. Gravíssimo. E é hora de todo cidadão honesto ficar alerta. Os barões da mídia se uniram para que uma CPI não passe a limpo as relações criminosas do bicheiro Cachoeira e parte da chamada grande imprensa brasileira, principalmente a revista Veja.

O País não pode perder essa oportunidade de desmascarar aqueles que toda semana tentam mostrar nas bancas que são os reis da honestidade. Falam de ética, mas agem como traficantes da informação. Investigações da Polícia Federal já revelaram que a Veja, revista da família Civita, agiu como porta-voz do bicheiro, preso desde o final de fevereiro, e manteve com ele uma clara troca de favores.