F R A S E

SÃO OS COMUNISTAS OS QUE PENSAM COMO OS CRISTÃOS” - Papa Francisco

sábado, 12 de janeiro de 2013

O mundo de Jabor

Por Paulo Nogueira

"Ele se dá ares martirizados de dissidente soviético quando tem vida mansa de aposentado escandinavo
image
O MUNDO DE JABOR, a julgar pelos seus textos, é sombrio. Nele, o Brasil "está evoluindo em marcha à ré", para usar uma expressão de uma coluna.

"Só nos resta a humilhante esperança de que a democracia prevaleça", já escreveu ele.

Bem, vamos aos fatos. Primeiro, e acima de tudo, se não vivêssemos numa democracia plena os artigos de Jabor não seriam publicados e ele não teria vida tão tranquila para fazer  palestras tão bem remuneradas em que expõe às pessoas seu universo gótico, em que brasileiros incríveis como ele devem se preparar para a guerra caso queiram a paz. Esta é outra expressão de um texto dele.

Comprar armas? Estocar comida? Construir um abrigo antibombas? Fazer um curso de guerrilha? Pedir subsídios para a CIA? Talvez um dia Jabor explique o que é se preparar para a guerra.

Já escrevi muitas vezes que o Brasil sob Lula perdeu uma oportunidade de crescer a taxas chinesas. Já escrevi também que os avanços sociais nestes dez anos de PT, embora relevantes e inegáveis, poderiam e deveriam ter sido maiores. Mas somos hoje um país respeitado globalmente. Passamos muito bem pela crise financeira global que transtornou tantos países e deixou bancos enormes de joelhos.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Balas de lama

Estamos numa guerra política. Não vê quem não quer.

Problema nem é a guerra em si. Problema é que ela é suja e covarde. E não se limita à mídia contra os governos dos presidentes Lula e Dilma.

A guerra com as armas do ódio, do preconceito, da irracionalidade, da parcialidade escabrosa, do moralismo mais canhestro, oco e hipócrita, da luta de classes (em que a "elite" ignorante e desonesta do país não aceita que o Brasil esteja finalmente começando a ser de todos) está por toda a parte.

Os que bradam gritos histérico-moralistas (tão vazios e falsos quanto o que dizem defender) contra aqueles governos e os políticos que os representam calam-se escancaradamente quando os escândalos foram (e são) patrocinados pelos que lhe são adversários.

É o maior exemplo de hipocrisia que jamais tive a oportunidade de testemunhar.
De minha parte, votei em Lula em todas as eleições, em Dilma na última, e fico absolutamente satisfeito por tê-lo feito.
E a luta continua. Eles enchem o copo de lama. A gente derrama água limpa nele. E assim se dá o processo. Ininterruptamente. Enquanto isto o Brasil e seu povo vão crescendo, "como nunca antes...".